quarta-feira, 28 de outubro de 2009


Se as doze batidas da meia noite conseguem me alertar de que a vida está passando... eu acendo mais um cigarro e encho meu copo de café. Talvez deixasse cair uma lágrima, em homenagem àquilo que não consegui ainda fazer. Sim, a todos os homens que ainda não beijei, a todas as vodcas que ainda não tomei, a todas as drogas que ainda não experimentei, a todas as músicas que ainda não ouvi e todos os livros que ainda não li.
Essa coisa da vida passando tem sido assunto recorrente para mim. Como se antes ele não estivesse a agora com uma voracidade de animal de grande porte. Olho o relógio e ele grita: a vida está passando, a vida está passando, a vida está passando.
Acredito que só amadureci depois do meu primeiro arrependimento. Arrepender-se é dolorido. Amadureci sim, mas poderia ter passado sem essa.
Continuo brincado de ciranda e falando “ te quero com três palavras” e não “eu te amo”. Sou assim, menina desaprendida. Desprendida. Semanas pinto as unhas de preto, semanas de branco. Semanas escrevo bem, semanas mal. Semanas não escrevo. E a vida passando.
Preciso de um espaço físico que não encontro e vou me encolhendo numa situação que me angustia. Como se os deuses estivessem olhando para mim e dizendo: o tempo está passando.


Image: Time is always passing by by ~Deereyedgirl

21 comentários:

Donna disse...

texto delicioso... li com uma melodia singular.
tks.

A Senhora disse...

Menina, vi a sua carinha lá em cima e sorri. Eu estava justamente conversando, minutos antes, das tantas loucuras que somos capazes de fazer na juventude, como se o mundo e o tempo fosse acabar no minuto seguinte.
E sempre foi delicioso isso.

beijinhos

A Senhora disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Neto disse...

E é verdade, cara Camila, o tempo está passando rápido e tem sido assunto recorrente entre eu e meus botões... tento não pensar no tanto que ainda falta fazer e no pouco tempo que tenho para realizar todos os meus desejos. Mas acho é isso: terminamos todos chegando ao fim um pouco frustrados.

Calu Baroncelli disse...

A efemeridade da vida dá sempre medo e insatisfação. Por que achamos que não agimos o suficiente? às vezes penso que meu tempo interno não corresponde ao tempo dos relógios, vivo me dilatando sem prazos pra cumprir. O mundo que empurra a gente, eu acho. O mundo que deixa a gente se sentir desesperado, como se fôssemos máquinas de produzir coisas. Por outro lado, dizem a vida é efêmera demais pra gente desperdiçá-la com bobagens... mas ora, a vida, sim, é a própria bobagem!

Alexandre Henrique disse...

¨Os dias passam lentos, mas os anos passam rápidos. ¨ é um provérbio popular. A engenharia das coisas consome a nossa vida, querendo ou não. Arrependimento é olhar pro poço, é ver vitórias na derrotas. Conheço muita gente que aparece apenas para rir de nossas frustrações. Ainda hoje li, uma frase que dizia assim; felicidade é pra quem têm memória curta e muita saúde. Mas felicidade mesmo é pra quem não é egoísta...e se somos infelizes é pela prática da vida.

Eiji disse...

o tempo passa na nossa frente...
na minha vida... tres anos se passaram, e eu nao vi nada...
serei eu um cego?

Vivian disse...

...Camila minha lindeza,
o tempo está passando sim,
mas o que de verdade não passa
é esta tua semelhança com
Clarice, aquela Lispector
que eu amo tanto.

logo
amo você...

beijinhos

alua.estrelas disse...

Infelizmente o tempo passa... e passa... e não volta atrás... Talvez por isso ele nos ensine a ser tão urgente...
Adorei, estava sentindo tua falta nesse espaço...
Beijos!!!

Edson Alves da Fonseca disse...

e viva os movimentos da vida... alguns deixamos que nos levem e outros a gente empurra e tem aqueles que guardamos um espaço especial dentro do nosso espaço (que já foi mais amplo, mas que, com o tempo, vai se apertando)... e o tempo recolhe para dentro, bem lá no fundo, num lugar que a gente não esquece... tem sido assim...

tarjha . disse...

Engraçado, ontem olhando o mar pude ver que nunca encontrei nada mais salgado do que minhas lágrimas.

leia esse texto:
http://tarjha.blogspot.com/2009/11/vamos-falar-sobre-finitude.html

Ele complementa esse seu.
beijos

Jaqueline Lima disse...

pois é o tempo vai passando, e quando am gente se dá conta, parece que o tempo corre ainda mais rápido, pra que a gente perca ele de vista, e esqueça, talvez...

melhor não pensar nisso...

beijo bonita!

Anônimo disse...

regenerating oped peoria teachingboth third secure hormone gift autistic veins wrapped
semelokertes marchimundui

Vivian disse...

...olá lindezaaa!!

Natal é Paz, Natal é Amor,
Natal é Luz de nome JESUS!

...à você que caminhou comigo
por todo este tempo, e que
por isso considero um amigo
especial, um irmão de caminhada
nesta jornada terrestre,
à você que comigo "trocou"
tantos pensamentos e idéias
do bem,
quero deixar meus sinceros desejos
de que tenhas um maravilhoso NATAL!

um beijo!

tossan® disse...

O tempo corre e tenho que correr mais do que ele. belo texto!

Que tua alma seja o cais que nele ancore toda, paz, saúde a emoção, e criatividade nesse Ano que se inicia! Feliz Ano Novo! Beijo

Thiago disse...

Texto lindo moça... lembra de mim? faz um bom tempo que não venho à sua casa... saudade... passe no meu novo blog
http://velasventos.blogspot.com

bjosss

israel disse...

e apenas uma fase moça... e o tempo não para,como diz a musica!!

bela forma de colocar um pouco de você aqui!

bjos!

Cla disse...

O tempo é aliado ou inimigo,depende do momento em que a gente está...
Sinto saudades dos seus textos!Atualize o blog! =)

Narradora disse...

E continua passando, afinal já é outro ano. A mesma vida?

Anônimo disse...

[B]NZBsRus.com[/B]
Escape Sluggish Downloads Using NZB Downloads You Can Swiftly Find Movies, PC Games, Music, Software and Download Them at Flying Speeds

[URL=http://www.nzbsrus.com][B]NZB[/B][/URL]

Juliana disse...

O tempo não para nunca... nós é que paramos às vezes...