sábado, 30 de agosto de 2008

S U A V E


São apenas histórias. Nem se preocupe. Pinte a parede. Todas. Cuidado, que vermelho enjoa. Azul é para todo dia. Já disse, cuidado e fale baixo, aqui a suavidade tem valor. Aqui feminino é regra. Toque apenas as músicas permitidas, mas cuidado com a repetição. Tente escapar pela tangente. Não é fácil. Sempre feitas de negativas que só aqui acho incríveis.
Comunique-se, sempre com a voz baixa. Não precisa fazer estrago que o ponto G não existe. Não insista. A ilusão alimenta, mas é por pouco. Como comer macarrão, é bom na hora, mas a fome vem correndo. Se puder, abuse do açúcar. Como ópio. Abuse mesmo, agrade seu cérebro, ele merece. Enquanto estiver vivo pense uma vez mais. Uma idéia não encerra a vida. Também não pense que terás outra chance. O tiro vem de qualquer lugar e ninguém vai te avisar. Eu já disse: cuidado!

14 comentários:

Jaque Lima disse...

Cuidado...que tudo te pega!
corre que não dá tempo. pare...mesmo que não possa parar...use e abusa de tudo...e o que te preocupa...deixa pra lá...pelo menos mais um pouco!

Narradora disse...

Suavidade... a palavra tem uma cadência que sugere o sentido, eu gosto, assim como gostei do uso da dualidade cuidado/abuse.
Nunca é demais lembrar que na vida não tem ensaio... tem uma frase de uma música (to tentando, mas não lembro...rs)que diz "a vida é muito curta pra ser pequena", e é mesmo.
Lindo texto.
Bjs.
Ps: Então menina, estou na releitura porque na primeira vez foi por obrigação, agora estou em busca da diversão (bom, tudo bem que num sentido menos ortodoxo...rs)

Xavier disse...

uma nova versão do método Ludovico do Kubrick, Tebet?

vimaguin disse...

...boungiorno bela! vim te ler para me esclarecer...smacksssssssssssss

Fã de blogs disse...

Cuidado demais impede da gente viver o que tem de viver.Tu é linda com os dedinhos em movimento.E como está no outro texto. Também tenho fome...mas fome de você.

Guru Martins disse...

Blog maneiríssimo, garota!
Venha conhecer o Balaio e seja muito bem-vinda!

Grande abraço!

Daniel disse...

Paradoxo interessante... Ter cuidado sugere não abusar, e vice-versa. Acredito que "o bom viver" esteja saber o linerar disso. Bjus e boa semana.

http://so-pensando.blogspot.com

Calu Baroncelli disse...

"dessa vida nada se leva
a não ser a vida levada
que a gente leva" (Leminski)

e dessa fome não engordaremos...

Antunes Ferreira disse...

LISBOA - PORTUGAL

Olá!

Cheguei a este blogue através de outros que costumo visitar e neles postar comentários. Cheguei, vi e… gostei. Está bem feito, está comunicativo, está agradável, está bonito – e está bem escrito. Esta é uma deformação profissional de um jornalista e dizem que escritor a caminho dos 67…, mas que continua bem-disposto, alegre, piadista, gozão, e – vivo.

Só uma anotaçãozinha: Durante 16 anos trabalhei no Diário de Notícias, o mais importante de Portugal, onde cheguei a Chefe da Redacção – sem motivo justificativo… pelo menos que eu desse com isso… E acabo de publicar – vejam lá para o que me deu a «provecta» idade… - o me(a)u primeiro livro de ficção «Morte na Picada», contos da guerra colonial em Angola (1966/68) em que, bem contra vontade, infelizmente participei como oficial miliciano.

Muito prazer me darás se quiseres visitar o meu blogue e nele deixar comentários. E enviar-me colaboração. Basta um imeile / imilio (criações minhas e preciosas…) e já está. E se o quiseres divulgar a Amiga(o)s, ainda melhor. Tanto o blogue, como o imeile, tá? Muito obrigado

www.travessadoferreira.blogspot.com
ferreihenrique@gmail.com

Estou a implementar e desenvolver o projecto que tenho para o meu www.travessadoferreira.blogspot.com e que é conferir ao meu/vosso/NOSSO blogue a característica de PONTO DE ENCONTRO entre os Países fraternalmente ligados – Portugal e Brasil. E outros PALOP e etc…
Se me enviares o teu IMEILE, poderei enviar-te «coisas» que ache interessantes. Se, porém, não as quiseres, diz-me que eu paro logo. Sou muito bem-mandado (a minha mulher que o diga…) e muito obediente (cf. parênteses anterior). Abrações e queijinhos, convenientemente repartidos e distribuídos

– Desculpa por este comentário ser tão comprido e chato. Como a espada do D. Afonso Henriques…
- Já conheces o me(a)u «Morte na Picada» que acima menciono? Há quem diga que é muito bom. E até que é o melhor que se escreveu em Portugal sobre o tema. Dizem… Obviamente que não sou eu a dizê-lo… Só faltava… E também há quem tenha escrito que é SANGUE & SEXO… Malandrecos… Pelo sim, pelo não, compra-o.
Depois de o leres, se, por singular acaso, tiveres gostado dele, terás de comprar muitíssimos mais exemplares. São excelentes prendas de aniversários, casamentos, divórcios, baptizados, e datas como Natais, Carnavais, Anos Novos, Páscoas, Pentecostes, vinte e cincos de Abris, cincos de Outubro, dezes de Junhos. Até para funerais. Oferecer o «Morte» na morte fica bem em qualquer velório que se preze. E, além disso, recomenda-o, publicita-o, propagandeia-o, impinge-o aos Amigos, conhecidos, desconhecidos & outros, SARL. Os euros estão tão raros e... caros...
++++++++++++
A editora da obra é a Via Occidentalis (occidentalis@netcabo.pt) cujo site é www.via-occidentalis.blogs.sapo.pt. Neste blogue podem ser consultados mais dados sobre o livro, cujo preço de capa é € 14,70. ATENÇÃO: Pode ser comprado pela Internet.
++++++++++++
NOTA IMPORTANTE: Este texto de apreciação e informação é similar em todos os casos em que o utilizo. Digo isto, para quem não surjam dúvidas ou suspeitas sobre a repetição em diferentes blogues. E para que ninguém se sinta ludibriado – ou ofendido… Há feitios que… Mas, sublinho, apenas o uso quando o entendo, isto é, quando gosto mesmo dos que visito. Nos outros onde também vou, se não gosto, saio sem comentários. Há muitos mais. Aqui na terrinha diz-se que «se não gostas, põe na beirinha do prato…»

João Neto disse...

Cuidado.
Palavra sábia para dias tão cheios de "eu posso tudo". Não, não podemos tudo. É chato ter que encarar essa verdade, mas é assim. Então devemos ter cuidado com algumas atitudes que podem nos levar à ruína. Não digo que não devemos arriscar, só acredito que devemos sempre ter um plano B.

Ps.: O que é isso do ponto G não existir? Puxa, então passei os últimos anos inteiros em busca de um Graal?

edson marques disse...

Sim, tenhamos cuidado!

Mas, nunca medo!

E viva o salto profundo, emn todos os sentidos.

Abraços, flores, estrelas..

Dani disse...

Vermelho enjoa... só soube disso muito tarde.

A Senhora disse...

Cuidado... mas faça! Isso e aquilo.
Isso ou aquilo. Mas, de qualquer forma, viva!
bjs, menina.

Mariah disse...

sempre me disseram..."vermelho enjoa"...um dia me enjoei do "branco" e taquei vermelho na parede...posso até me cansar (o que ainda não aconteceu) mas não pinto de volta só para não dar razão pra ninguém.